João Ozório de Oliveira

Decanato Centro Norte
Arapongas
Data Ordenação: 23/03/1985
Data Nascimento: 04/05/1954

Paróquia Santíssima Trindade e Santuário Divino Pai Eterno

Biografia do Pe. João Ozório de Oliveira


Filho de José Ozório de Oliveira e Geralda Borges de Oliveira, nasceu em Campanha, Sul de Minas Gerais no dia 04 de março de 1954. Em 1966 migrou-se com a família para o Paraná, fixando residência em Sete de Maio, município de Cambira, onde concluiu o primário iniciado em Minas Gerais e por diversas vezes interrompido devido às constantes migrações da família. Em 1970 entrou para o seminário menor da congregação dos irmãos do Sagrado Coração de Jesus em Marília, Estado de São Paulo, onde fez o curso ginasial e iniciou o curso colegial. Em 1975 o curso foi interrompido para o ano de noviciado em Campanha, Minas Gerais. No final desse mesmo ano deixou o noviciado e veio para Apucarana. Fora do seminário trabalhou como auxiliar de escritório na firma Armarinhos Paraná, período em que concluiu o Segundo Grau no então Colégio 7 de Setembro de Apucarana e marca sua entrada no Seminário Diocesano de Apucarana. 
Em 1977 Dom Romeu Alberti, então Bispo de Apucarana o nomeou ministro extraordinário de diaconia e o instituiu leitor e acólito. Em 1978 iniciou o triênio filosófico no recém fundado Instituto Filosófico de Apucarana. Paralela formação intelectual realizou diversos estágios Pastorais em Sete de Maio, Jardim Trabalhista em Apucarana, Ivaiporã, Mauá e Caixa São Pedro. Em 1980, terminado o curso filosófico Dom Romeu Alberti o nomeou ministro paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe em Arapongas. Assumiu também nesse período como professor de tratado de lógica Formal do Instituto Filosófico de Apucarana. Em setembro de 1981 foi enviado à Roma para o curso teológico de onde retornou em outubro de 1984 Bacharel em teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma. No dia 26 de janeiro de 1985 foi ordenado diácono na Paróquia São José de Cambira e no dia 23 de março daquele mesmo ano ordenado presbítero por Dom Domingos Gabriel Wisniewski. De março a agosto de 1985 foi vigário paroquial de Jacutinga assumindo em seguida, como pároco, Santo Inácio, Santa Inês e Cafeara, onde ficou até janeiro de 1986, para então assumir como Reitor do Seminário Menor Diocesano.
Neste período, além de Reitor, foi diretor de estudos e professor no IFA, também nomeado pároco de Aricanduva e vigário cooperador na Catedral e assessor diocesano da Pastoral da Juventude. Em janeiro de 1988 foi nomeado reitor de seminário maior – IFA – continuando com as atividades de professor no Seminário e pároco em Aricanduva. Em 1991 deixa a reitoria do IFA e assume a Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Rio Bom e continua professor e diretor dos estudos. Funções que exerce até hoje. Em 1994, atendendo ao pedido de Dom Domingos foi enviado a Roma para fazer o Mestrado na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma. Em sua tese, trabalhou Max Scheler com o argumento “o método Fenomenológico e a Teoria dos valores em Max Scheler”. Em 1997 recebeu o título de Mestre em Filosofia Sistemática, área da Ética. No final de 2011 Dom Celso o nomeou chanceler da Diocese de Apucarana, passando a assumir essa função em 02 de janeiro de 2012, 2011 a 2014 membro da Comissão Regional de Presbíteros, em 02 de janeiro de 2017 nomeado Vigário Geral da Diocese de Apucarana e também Vice-Reitor do Seminário de Teologia Nossa Senhora de Lourdes em, Londrina, Membro do Conselho Diocesano de Presbíteros da Diocese de Apucarana e Membro do Colégio de Consultores da Diocese de Apucarana, Membro da Equipe Pró Diaconato e Membro da Equipe de Formadores da Diocese de Apucarana.
Continuou como Pároco em Rio Bom até 04 de abril de 2012, quando em missa na Catedral Nossa Senhora de Lourdes, em Apucarana, Dom Celso o nomeou Pároco da Paróquia Santíssima Trindade de Arapongas. Padre João Ozório tomou na Paróquia em celebração realizada no dia 06 de maio de 2012.

 
#dioceseonline