Jubileu de Ouro da Diocese de Apucarana

25 Mar 2015

Apucarana, 25 de março de 2015

Neste tempo festivo, alegre e gracioso em nossa Família Divina Diocesana, com a celebração do Jubileu Áureo do dia 26 de março na Catedral de Apucarana, queremos agradecer ao Senhor nosso Deus por tantas bênçãos derramadas na vida de uma multidão de fiéis, desta Igreja Particular, desde a sua criação. Expressamos com júbilo e cânticos a nossa gratidão a Deus, que não cessa de abençoar essa Diocese, com a generosidade de tantos missionários. Com o salmo 66, 4 queremos cantar: “Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem”. 
Agradecemos, imensamente, a todos e a todas que se envolveram na preparação e divulgação desta lindíssima festa jubilar. Na verdade, somos uma família e por amor a Jesus, nosso Mestre e Senhor, que “não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por todos” (Mc 10, 45), muitos se dispuseram em colaborar com a festa. Muito obrigado. Agradeço também a todos os que nos acompanharam com suas orações e de outras formas. 
Bendizemos a Deus pela presença e ministério de muitos Presbíteros. Alguns são missionários de longa distância, pois chegaram da Itália, de Malta, da Alemanha, da Polônia; outros vieram de dioceses brasileiras ou de congregações religiosas. Igualmente, a nossa gratidão a tantos irmãos que, incentivados por suas famílias e comunidades, escutaram o chamado de Jesus para servir essa Igreja Diocesanacomo Diáconos Permanentes. Nosso reconhecimento às Congregações e Institutos de consagrados e consagradas, que nos mais diversos serviços se apresentam como sinais luminosos da presença de Jesus, que acolhe os enfermos, as crianças, os idosos e os esquecidos. Agradecemos a Deus por muitos presbíteros diocesanos e religiosos, consagradas de diversas congregações, de Institutos Seculares e de Novas Comunidades, que saíram daqui e estão por este mundo a fora, servindo a Igreja, como missionários. Louvamos, igualmente, ao Senhor pela nossa Igreja Irmã de Guajará Mirim, estado de Rondônia, onde mantemos uma missão há quase 10 anos no município de Corumbiara.Enfim, somos profundamente gratos a Deus por uma multidão de irmãos e irmãs, crianças, jovens, adolescentes, adultos e casais, que não medem esforços para levar adiante um caminho de evangelização, por meio de organizações pastorais e movimentos eclesiais. Sim, são muitas as portas abertas para que todos possam entrar e fazer parte doReino de Deus do qual esta Diocese é um sinal visível. Enfim, que Deus seja glorificado por tantas iniciativas que já foram empreendidas por aqui, com a intenção de tornar Jesus mais conhecido, acolhido e seguido, para que todos e todas se tornem discípulos de Cristo e seus entusiasmados missionários. 
Com as Santas Missões Populares, em comunhão com o Papa Francisco, invocamos o Espírito Santo para que venha renovar, sacudir e impelir a Família Divina Diocesana, numa decidida saída para fora de si mesma, a fim de evangelizar todos os povos (Cf. EG 261). Que o mesmo Espírito Santo toque os corações de todos os que nos circundam, seja pelo anúncio da Palavra de Deus, luz em nosso caminho, seja pela Eucaristia, ponto alto de nossa vida cristã como também pelo nosso testemunho, fonte de atração para que outros também possam acolher e seguir a Cristo na fé e na comunidade. 
Com a Virgem Maria, os santos Apóstolos e com tantos mártires de ontem e de hoje, tenhamos sempre forças para prosseguir, sem esmorecer, sem nos deixar intimidar por nada. A Palavra de Deus alimente nossa coragem: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Rm 8, 31). Sim, que nossa ação evangelizadora e pastoral - voltada para a educação, ao mundo dos trabalhadores e trabalhadoras da cidade e do campo; do poder público e dos meios de comunicação social – avancecom ousada confiança no Senhor que nos diz: “Vós sois as testemunhas de tudo isso” (Lc 24, 48). Portanto, eis nossa missão: anunciar, testemunhar e celebrar o Senhor. 
Celebrando com alegria o Jubileu de Ouro de nossa Diocese, desejo a todos e a todas uma Feliz e Santa Páscoa!

+ Celso Antônio Marchiori
Bispo Diocesano de Apucarana