Pastoral do Batismo

4 – Comissão Para a Animação Bíblico-Catequética – Testemunho de Comunhão
Pastorais

GUIA ESTRUTURAL DA PASTORAL DO BATISMO
DIOCESE DE APUCARANA


OBJETIVO GERAL
Despertar nos cônjuges o entusiasmo cristão, levando os pais que pedem o Batismo e os que serão padrinhos a assumirem o seu lugar na Igreja, como discípulos e missionários de Jesus Cristo, testemunhando a fé cristã e expressando-a na comunidade eclesial.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 Ajudar as famílias a aprofundarem o sentido do Batismo cristão;
 Promover a família cristã que pede o Batismo, destacando o papel missionário do cristão;
 Incentivar o cultivo da espiritualidade cristã em família;
 Despertar a corresponsabilidade cristã através da entreajuda gratuita;
 Promover a inserção mais efetiva do cristão em sua comunidade;
 Celebrar a vida fraterna através do vínculo da caridade entre as pessoas cristãs;
 Encorajar a participação eclesial, como lugar de expressão da fé e vivência cristãs.
 Conhecer e valorizar as pessoas enquanto manifestam a intenção de viverem como cristãos.


JUSTIFICATIVA
Jesus não dispôs de novas leis para que sua ação salvífica alcançasse seu cumprimento de modo efetivo. O conhecimento doutrinário não é, por si, capaz de promover verdadeira conversão. Antes, a adesão a Jesus Cristo e o caminho da santidade cristã se realizam quando o coração se sente preenchido pelo amor gratuito de Deus.
Os chamados “cursos” preparatórios, vigentes até recentemente, foram se tornando sensivelmente ineficazes a respeito da assunção responsável do profundo significado do Batismo cristão. O foco sobre o conteúdo (doutrinal) e não sobre a forma (caritativa) tem criado um vazio de expressões cristãs indicadoras de calor humano, compreensão, partilha e apoio, próprias das atitudes de Jesus.
Os Encontros de Preparação para o Batismo (EPB) nesta nova modalidade personalizada, quer acentuar a caridade cristã e a acolhida, mais que o conhecimento doutrinal. Obviamente não se pretende menosprezar o aspecto doutrinal; mas trazer à luz, o aspecto testemunhal e participativo, próprios daquele que, mesmo não conhecendo profundamente, é capaz de amar e de expressar o amor de Deus.
Importante também é o aspecto missionário da ação: a modalidade personalizada reflete uma “Igreja em saída”, que vai às pessoas, demonstrando solicitude e cuidado pastoral.
Neste sentido, o modelo personalizado cria condições mais favoráveis para alcance dos objetivos desejados nesta ação pastoral de preparação para o Batismo.


METODOLOGIA
O atendimento aos casais e famílias cristãs que pedem o Batismo para seus filhos é feito através do Acompanhamento Personalizado.
A partir do pedido da pessoa interessada, a Igreja mostra solicitude através da visita à família, das pessoas ou casais da Pastoral do Batismo. No primeiro contato – de apresentação e conhecimento – se explica também a proposta em questão: os Encontros de Preparação para o Batismo são compostos de sete encontros (semanais), preferencialmente, na casa da família daquele que será batizado.
Em tais encontros não se prioriza a formação doutrinal, embora esta esteja presente. O foco central é no encontro, na partilha de vida, no acolhimento, na oração, na troca de experiência, etc. É, sobretudo, uma conversa de irmãos que se ajudam. A prioridade é o desenvolvimento do vínculo da amizade, solidariedade e testemunho cristão. Trata-se de uma verdadeira inserção na realidade da família dos acompanhados, visando uma maior inserção comunitária destes.


ATIVIDADES PERMANENTES
 Em nível paroquial, atendimento aos pais e os que serão padrinhos, que pedem o Batismo para os filhos e futuros afilhados;
 Encontros de formação e aprimoramento da ação pastoral de atendimento personalizado;
 Apadrinhamento dos acompanhados em vista da participação eclesial, durante os encontros;
 Encontros decanais para implantação, acompanhamento e suporte no desenvolvimento do trabalho pastoral paroquial;
 Atendimento às paróquias, pelos assessores, oferecendo formação e orientação.


PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO NA PARÓQUIA
 Formação de um grupo coeso de pessoas, preferencialmente casais da Pastoral Familiar, que se disponha a acompanhar as pessoas (pais e futuros padrinhos) que pedem o Batismo;
 Formação interna dessas pessoas a respeito do material a ser utilizado, da dinâmica dos encontros e aprofundamento teológico sobre o sentido cristão do Batismo;
 Eleição de um representante responsável para acolher os pedidos (fichas) e encaminhá-los às pessoas (casais) disponíveis para realizar os encontros junto às famílias;
 Recebimento das fichas, após a finalização dos encontros, e emissão do Certificado de Participação nos Encontros de Preparação Personalizada para o Batismo, devidamente assinado e carimbado.
 Encaminhamento da Ficha de Controle à Pastoral Familiar, para ulteriores atividades de acompanhamento aos casais.


ORGANIZAÇÃO
Coordenação Diocesana:
Oséias Machado Carvalho Nasc.: 16/09/1975 Fone: 96258409
e Maria Cleonice Nasc.: 03/05/1974 Fone: 99242471
Rua Adolpho Pedroso da Silva No.: 232
Jardim América Email: oseias.m.carvalho@hotmail.com
Apucarana CEP: 86807-010


Assessoria Diocesana:
Pe. Domingos Savio Lazarin Email: nirazal@gmail.com ou nirazal @hotmail.com
Fone: (43) 34220459 ou 98521800

Acesse:

Princípios pastorais da Pastoral do Batismo

Diretrizes para o Batismo

Orientações sobre as Fichas

Ficha de acompanhamento de casal

Ficha de controle de casal